Gs Days Power BMW Serra da Canastra GS BMW 1200 F 800 GS e GS 650

Google GmailGoogle+Share




A Equipe do Programa Estilo Radical Mais uma vez Participou do Segundo GS Days Brasil Promovido pela Concessionária BMW Power de Santo Andre, a convite do Proprietário Mauricio Fernandes e do Diretor Raul Fernandes conversamos com Rafael Paschoalin Gerente de Marketing e Edgar Rocha gerente de Vendas para cobrirmos mais esta etapa que foi realizado na serra da Canastra em Capitólio interior de MInas Gerais , onde ficamos no Hotel Balneario do Lago onde tivemos o Briefing, jantar , cafe da manha e reunião com os participantes. Alem da amizade realizada no evento o participante teve mais uma vez contato com a Terra , aireia, pedras e trechos de dificil acesso, no qual pudemos comprovar a eficiência das motos gs BMW.
Para isso, os diretores da Power BMW, Mauricio e Raul Fernandes, aproveitaram a experiência para protagonizar o evento — Mauricio já competiu no Rally Dakar e no Rally dos Sertões. Já Raul foi editor por 10 anos da revista Motociclismo e ambos foram instrutores do Rider Training BMW on-road e off-road. Tudo começou na própria Power, onde todos passaram para trocar seus pneus originais pelo Metzeler Karoo com cravos. “Nosso grande objetivo com esse evento é mostrar para o cliente que ele pode se aventurar pela terra e não só no asfalto”, reafirma Raul.
Os instrutores aconselhavam andar de pé na moto, com os joelhos “segurando” o tanque de combustível
Devidamente calçadas, as motos GS se acumularam no Hotel Balneario do Lago . “Imaginei que viessem mais modelos de 800 e 650 cilindradas, mas o domínio foi das 1200 cc”, avalia Raul, apontando o fato de ser mais difícil para os leigos manusear uma moto mais pesada. Mas, para ninguém ficar deslocado, uma rápida clínica de pilotagem foi magistrada pelos instrutores. Posição de pilotagem, frenagem na terra, subida e descida de barrancos e até uma instrução para levantar a moto em caso de queda, tudo foi verbalmente dito antes do início do passeio.
Os instrutores estavam sempre por perto para corrigir e orientar a pilotagem no fora de estrada
Um dia de GS
Após receber as dicas necessárias para enfrentar o itinerário de 50 quilômetros, fomos para a “trilha O caminho apresentava diversos níveis de dificuldade e culminava com uma subida travada, que dava acesso a uma bela cachoeira. “O importante é cada um seguir seu ritmo”, exclama Raul Fernandes, sublinhando essa dica com uma máxima do motociclismo, seja no fora de estrada ou no asfalto.
O GS Days não é um curso off-road e sim uma oportunidade para socializar os proprietários da linha GS e aprimorar algumas técnicas no off-road. “Gostaria de receber um pouco mais de instrução teórica e até aproveitar o espaço da serra da Canastra para treinar mais antes de sairmos para o passeio”, diz o defensor público, Ralph Lima. “Achei uma aventura desafiadora e entusiasmante. Quando cheguei ao final um sentimento de realização tomou conta de mim, ainda mais por fazer tudo com minha moto”
primeira parte

segunda parte

Terceira parte

Quarta Parte

Google GmailGoogle+Share