Tagged: 2014

Google GmailGoogle+Share

A equipe do programa Estilo Radical esteve presente ao melhor encontro de motos do Brasil, Tiradentes Bike Fest , onde se reuniram mais de 8.000 motos e mais de 20.000 turistas que encheram hoteis pousadas e restaurantes, alem de shows de blues e Jazz.

Desde o primeiro evento, o Bikefest Tiradentes se caracterizou com as Harley-Davidson “mexidas” em fundo de garagem pelos seu proprietários.

A caracterização dessas motocicletas era de uma forma bem limitada, porém com a cara de seus donos e que revelavam o modo diferenciado de vida, muito aquém do costume motociclístico do Brasil. Essas caracterizações eram com resultados de peças fundidas por amigos como caveiras, lanças e fincos, couro nos bancos, guidon, manetes e punho do acelerador. Era uma nova cultura sendo criada por esses apaixonados por motocicletas, que antes só se via em filmes americanos.

Primeira parte

Segunda Parte

Terceira Parte

Quarta parte

Quinta Parte

Google GmailGoogle+Share

Google GmailGoogle+Share

Expedição Ushuaia 2014 . Viagem de motocicleta ate o Ushuaia. 3 amigos e 3 motocicletas BMW , por aqui voce vai poder acompanhar nossa expedição.
A expedição Rio de Janeiro — Ushuaia irá percorrer aproximadamente 14.000 km em 30 dias. Iremos até os confins da Tierra del Fuego ou Fim do Mundo, como são conhecida a cidade de Ushuaia, essa cidade fica no extremo sul da América Latina é considerada a cidade mais austral do planeta. A viagem irá ser uma mistura de roteiros na América do Sul, mesclando parques nacionais, estradas e vilarejos abandonados, locais de incríveis belezas como glaciares, cordilheiras, ilhas e desertos. Antes de mais nada, por que viajar de moto?

Bem, acredito que se você está lendo esse texto a respeito do planejamento da viagem, provavelmente já sabe a resposta a essa pergunta. Se você está indeciso, vou citar alguns argumentos:

i. Capacidade de carga pequena: não dá para comparar com veículos de 4 rodas.
ii. Desconfortável: quem já andou 1.000 Km de moto em um dia sabe o que estou falando.
iii. Não é mais barato: realizar viagens longas de moto envolve um custo significativo com equipamentos apropriados à empreitada. A viagem demora mais, e as motos de maior cilindrada podem consumir tanto (ou mais) combustível quanto um carro (a minha moto na viagem a Ushuaia chegou a fazer 10,4 Km/L em determinado trecho com vento contra forte). Se quer ser econômico, vá de avião com menor custo e maior eficiência.
iv. Você não vai mais rápido que em 4 rodas.
v. Se chove você se molha. Se está calor, você cozinha. Se está frio, você congela. Nada do conforto térmico de um veículo de 4 rodas.
vi. Dentro de uma análise de risco, é mais perigoso.
vii. Etc … etc… etc…

Com esses argumentos aparentemente desanimadores desejo chegar à seguinte conclusão: para quem gosta de andar de moto, não é necessária nenhuma explicação. Para quem não gosta, não adianta escrever um tratado sobre os prazeres do motociclismo de longas distâncias tentando mudar o ponto de vista e a opinião das pessoas.

Mas se o caro leitor quiser alguns argumentos a favor da tal estratégia de viajar de moto, recomendo a leitura do blog da nossa viagem bem como de algum(ns) livro(s) que relate(m) alguma(s) dessas aventuras (vide sugestões na página de links).

2. Por que Ushuaia?

Um dia sentei em frente ao computador e comecei a procurar destinos interessantes a cumprir de moto. Inicialmente pensei: o que as pessoas pensarão se eu pegar a minha moto e fizer uma viagem até o Uruguai?

Naquele momento isso já parecia ousadia demais. Mas a ousadia e as pretensões são todas relativas. Logo compreendi a relatividade do que é ousadia ao ver colegas motociclistas que tinham ido muito mais longe. E em questão de pouco tempo, Uruguai virou Ushuaia…

Destino mítico para motociclistas. Fazer a Ruta Nacional 3 de cabo a rabo. Descer de moto em direção ao sul do continente até o FIM, cruzar o Estreito de Magalhães em um ferry, tendo chegado até lá de moto (se lembra das aulas de geografia no ginásio?) e depois de tudo isso ainda passear pela Terra do Fogo, até a cidade mais austral do planeta, ali pertinho da Antártida.

Primeira Parte

Segunda Parte

Terceira Parte

Quarta Parte

Quinta Parte da Expedição

Sexta Parte da viagem acompanhem

Setima Parte

Oitava Parte

Nona Parte

Decima Parte

Decima Primeira Parte

Decima SEgunda Parte

Decima Terceira Parte

14 – Decima Quarta Parte

15- Decima Quinta Parte

16 Decima sexta Parte da Expedição

17-Decima Setima Parte da Expedição Ushuaia

18- Decima Oitava parte

19- Decima Nona Parte

20- Vigesima Parte

21- Vigesima Primeira Parte

22- Vigesima Segunda Parte

23- Vigesima Terceira Parte

24- Vigesima Quarta Parte

Google GmailGoogle+Share